• S Z Arquitetura

Como fazer uma composição com almofadas


1. Combinação de almofada e sofá: tom sobre tom


A técnica de tom sobre tom é uma das mais utilizadas no momento de montar a composição sofá/almofadas. Se você, por exemplo, tiver um sofá vermelho, as almofadas podem conter estampas nesse tom ou em um tom acima, como o vinho por exemplo. É interessante apenas tomar cuidado no caso dos tons mais neutros, como o bege, pois essa composição pode ficar muito monótona. Essa composição pode, inclusive, ser complementada com outros elementos, como um vaso de flor bem colorido, um tapete que dê mais vida às tonalidades do sofá ou, ainda, uma mesinha de canto colorida.




2. Cores


Para escolher as cores do seu conjunto de almofadas, você pode se basear no mecanismo do Círculo Cromático, que é um instrumento utilizado na hora de compor ilustrações coloridas, é uma guia rápido que utilizamos para identificar facilmente as cores complementares, as análogas, as meio-complementares, e outras combinações harmônicas possíveis e facilita na hora de descobrir combinações, comparações, harmonias. Através dele, você pode combinar cores análogas, complementares e harmônicas, de acordo com a posição delas no Círculo. Almofadas em diversos tons de amarelo ou conjuntos em laranja e azul, por exemplo, funcionam super bem e dão uma aparência divertida e jovem ao ambiente. Outra dica é misturar almofadas mais coloridas com outras neutras, evitando que o ambiente fique sobrecarregado. Preste atenção também em outras cores que já existam no ambiente – se você possui algum objeto de decoração vermelho, por exemplo, você pode utilizar esse tom como base para compor o jogo de almofadas.




3. Combinação de almofada: sofás de cor neutra

Outro caso muito comum quando o assunto é compor ambientes com almofadas é a complementação de sofás de cor neutra com elementos mais coloridos. Se você tiver um sofá bege, por exemplo, pode ousar à vontade com almofadas coloridas, estampadas, listradas e de diferentes texturas e formatos. As cores vibrantes são ótimas sugestões e dão mais vida ao ambiente. Um sofá cinza, por exemplo, pode receber almofadas vermelhas ou roxas, com estampas ou lisas. Aqui, vale usar a criatividade!




4. Estampas


Desenhos minimalistas, composições geométricas, florais, abstratas: todas as estampas são válidas na hora de escolher uma almofada. A vantagem das almofadas estampadas é que elas permitem uma infinidade de combinações – você pode apostar em estampas iguais com cores diferentes, estampas diferentes aplicadas em tons similares ou até mesmo misturar estampas bem variadas e criar uma história ou paisagem com elas. Para não deixar o ambiente com excesso de informação visual, misture almofadas estampadas e lisas, que utilizem alguma cor presente nos elementos da estampa. Aliás, as dicas para combinar estampas diferentes é sempre utilizar aquelas que têm algum elemento em comum, seja na cor de fundo ou no tipo de detalhes.




5. Sofás e poltronas


Se o seu sofá ou poltrona tiverem cores neutras – como preto, bege, marrom ou cinza – você poderá utilizar basicamente qualquer estampa ou cor de almofadas. No entanto, dê preferência às cores mais fortes para criar um ponto de destaque no ambiente. Caso o seu sofá seja estampado, as almofadas mais adequadas são as lisas, sem nenhum tipo de estampa. Aproveite para escolher as cores delas com base na regra do Círculo Cromático -que já explicamos– assim, você mantém a harmonia e a diversidade de tons sem brigar com a estampa do sofá ou poltrona. Se o seu sofá for colorido – seja ele vermelho, azul ou de qualquer outra cor – aposte em almofadas de cores neutras ou em tons diferentes da mesma cor. Outra dica para deixar a decoração diferente é escolher algumas almofadas do sofá com base na cor ou estampa das poltronas ou cadeiras presentes no ambiente.




6. Combinação de sofá e almofadas no tamanho certo


Almofadas muito grandes “tampam” o sofá e não ficam harmoniosas no cômodo, ao passo que almofadas pequenas demais não cumprem seu papel de trazer mais conforto na hora de se sentar ou deitar. Por isso, é fundamental avaliar o tamanho das almofadas antes de adquiri-las. Assim, você evita arrependimentos futuros e garante o máximo de conforto na sua sala. Sofás com encosto baixo, por exemplo, devem conter almofadas menores, já que as grandes ficam desproporcionais. Sofás maiores e com encosto mais alto podem receber modelos de almofadas mais robustos.




10 visualizações
CONTATO
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

Entre em contato!

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone Pinterest
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now